Construção de açude avança nas Termas de São Pedro do Sul

Janeiro 20, 2021 | Região

Foi lançado o procedimento para a construção de um açude nas Termas de S. Pedro do Sul, um investimento de cerca de 1,1 milhão de euros, com um prazo de execução de 240 dias, que visa a prevenção de cheias, a melhoria do ecossistema fluvial, a proteção das linhas de água, a remoção de estruturas obsoletas e o restauro das galerias ribeirinhas.

Esta intervenção, que irá criar condições únicas que vão elevar o concelho para outro patamar de atratividade, é comparticipada em 75% e foi aprovada na candidatura do Município ao Fundo Ambiental.

O projeto engloba a reconstrução e remodelação dos açudes existentes, dotando-os de melhores características hidráulicas e funcionais, trabalhos de melhoria do espelho de água e de melhoria do escoamento na aproximação aos açudes e após a descarga dos mesmos.

Os trabalhos de melhoria do espelho de água referem-se à execução de uma abertura na plataforma existente, a montante da ponte Romana, que a irá dividir em duas partes, possibilitando a passagem de pequenos barcos de recreio, não motorizados.

Para reposição da circulação pedonal nesta plataforma serão executados um pórtico e uma escada metálica, com a possibilidade de ser recolhida quando estiver inundada, de modo a não causar embaraço ao escoamento dos caudais mais elevados no rio Vouga.

Estão também contemplados neste projeto a construção de um passadiço na zona do Carvalhedo, bem como a iluminação cénica da ponte Romana e das margens do Rio Vouga.