Rotunda avança junto ao antigo Matadouro de Viseu

Abril 29, 2021 | Região

Está consignada a obra de acesso a Rio de Loba (rotunda do antigo matadouro de Viseu), momento que marcou também o arranque dos trabalhos. A intervenção inclui a execução de uma nova rotunda e o alargamento de um troço da EN229, que faz a ligação entre Viseu e Satão.

“Era da mais inteira justiça que estivesse aqui (na cerimónia de consignação) o Presidente António Almeida Henriques, que desde o primeiro minuto se bateu por esta obra. Tudo fez para que hoje pudéssemos estar aqui”, afirmou Conceição Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Viseu.

A obra de acesso a Rio de Loba era uma das prioridades identificadas por António Almeida Henriques no que respeita à mobilidade na cidade de Viriato. Com o arranque da obra – que se junta ao alargamento da Estrada Nacional 16, em fase de conclusão, e o novo acesso à Avenida da Europa, com o prolongamento da Avenida António José de Almeida, já concluído, – ficam dados os passos necessários para elevar as condições de mobilidade em Viseu, com benefícios diretos para as populações do concelho.

“Esta é uma obra fundamental em termos de acessibilidades para todo o Norte do concelho de Viseu, e em especial para Rio de Loba”, lembra João Paulo Gouveia, Vice-Presidente da autarquia. Uma afirmação corroborada por Carlos Gama, Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Loba: “Uma obra reivindicada há muitos anos e muito importante para Rio de Loba e para a sua população. Fica também como marco do princípio da requalificação da EN229, pelo que só posso agradecer ao Município de Viseu todo o empenho colocado neste processo. Hoje é o dia em que o sonho se torna realidade”.

“Trata-se de um investimento avultado, 860 mil euros, 100% proveniente dos cofres do Município, que mais uma vez substitui o Estado Central”, critica João Paulo Gouveia.