Viseu ambiciona por Unidade de Queimados

Janeiro 31, 2018 | Sociedade

Na sequência dos incêndios florestais de 15 e 16 de Outubro do ano passado e do incêndio urbano de Vila Nova da Rainha, Tondela, já este ano, com a consequente transferência de dezenas de pessoas, muitas delas com queimaduras graves, para o Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV), a Instituição de Saúde defende que é chegada a hora de aqui ser criada uma Unidade de Queimados.

O presidente do Conselho de Administração do CHTV, Cílio Correia, que já elogiou publicamente a capacidade de resposta e a dedicação dos profissionais da Instituição que dirige, não tem dúvidas quanto à importância de avançar com a instalação daquela Unidade. “Uma questão que temos de equacionar no futuro, no quadro do desenvolvimento do Plano Estratégico do Hospital, é pensarmos numa Unidade de Queimados para respondermos a este tipi de solicitações”, avançou aos jornalistas.

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.