Street Art cria 15 novas paisagens artísticas em Viseu

Maio 8, 2019 | Sociedade

Dom Zeferino, fundador de um dos mais emblemáticos restaurantes de Viseu, e nome maior da gastronomia viseense no século XX, vai ser homenageado naquela que é considerada a “maior edição de sempre” do Festival de Street Art «Tons de Primavera», este ano dedicado à Gastronomia. A sua memória será perpetuada num grande mural, na Rua Ponte de Pau, bem junto ao recinto da Feira de São Mateus, pela mão da dupla Draw & Contra. Dom Zeferino junta-se assim a outros nomes maiores da região, como Grão Vasco e o capitão Almeida Moreira. O evento vai animar o concelho entre os dias 9 e 12 de maio.

A aposta na internacionalização do Street Art de Viseu continua a ser uma das matrizes do Festival. Em 2019, essa aposta é renovada com a presença de dois grandes artistas espanhóis. “Viseu recebe dois dos nomes mais influentes da arte urbana em Espanha: Miquel Wert e Lula Goce, que actuam pela primeira vez em Portugal”, faz questão de sublinhar Jorge Sobrado, vereador da Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Viseu. Que releva ainda as presenças do artista-plástico cabo-verdiano Tutu Sousa, e do brasileiro UTOPIA. “Quando falamos de arte urbana, Viseu é hoje um destino incontornável”, assegura o vereador.

Tutu Sousa intervencionará o posto da GNR, em Abraveses. Uma participação que resulta da parceria firmada com o Ministério da Cultura e Indústrias Criativas de Cabo-Verde em 2018, na última edição do Festival Literário de Viseu, em dezembro passado. Já o brasileiro UTOPIA fará uma pintura em Viseu, na Associação de Tondelinha, em Orgens.

A eles juntam-se os portugueses HAZUL, REGG, Pedro Raposo Mendes, Oker & Asno, GLAM e a dupla Draw & Contra, que irá executar um grande mural de tributo a Dom Zeferino.

Também os artistas locais terão uma forte presença no Festival e criarão novas obras artísticas na cidade. Rosália Marques, Rosário Pinheiro (será a autora da intervenção projectada para a Escola Básica de Moselos), YOUTHONE, Luís Daniel e o coletivo Ergo Bandits são os nomes confirmados.

A completar cinco edições, o Street Art terá, em 2019, o maior número de intervenções: 15 no total, entre eles as de cinco artistas de Viseu. “Isto prova que a continuidade das políticas e dos eventos é fundamental para que estes ganham cada vez maior dimensão. A cidade não tinha esta tradição e ganhou-a”, conclui o presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques.

Entre pinturas e instalações, as 15 novas obras a criar em Viseu vão juntar-se às 45 já criadas nas edições anteriores do “Tons da Primavera”. A gastronomia de Viseu e os seus atributos identitários de cidade-jardim, cidade vinhateira do Dão e cidade de Viriato, servem de inspiração às novas intervenções.

“Em 2019, voltamos a descentralizar o Festival e reforçamos a sua presença nas freguesias periurbanas e de fundo rural”, sublinha Almeida Henriques. Desta vez as intervenções vão chegar a Orgens, Campo (onde foi apresentado o evento), Repeses e São Salvador, Fragosela, Abraveses, São Cipriano e Vil de Soito .

A edição de 2019 do Festival de Street Art de Viseu aposta numa diversificação de expressões. Este ano, a fotografia terá uma grande exposição a céu aberto, dedicada ao tema da gastronomia e dos produtos da terra, a par da pintura e da instalação artística. Nesta edição, a Rua Formosa e a Praça D. Duarte receberão uma instalação de fotografia, nas varandas dos edifícios que espreitam para ambos os locais.

Paralelamente ao Festival de Street Art, o Mercado 2 de Maio volta a proporcionar programação de qualidade para todos os públicos, entre concertos, espetáculos, oficinas para todas as idades, street food e artesanato da região.

O evento é organizado pelo Município de Viseu e pela VISEU MARCA

DO «INDIE» AO ALTERNATIVO SE FAZ A MÚSICA DO FESTIVAL

Na música domina o “indie” e o alternativo. B Fachada “inaugura” o palco do Mercado 2 de Maio, na noite de quinta-feira, pelas 21h30. Na sexta-feira à noite, os Capitão Fausto atuam na Fonte das 3 Bicas, num grande concerto que vai contar com grandes êxitos da banda, pelas 22h00. Às 23h30, os Embaixadores de Viseu Galo Cant’Às Duas encerram a noite, no mesmo palco.

No sábado, os Orelha Negra, banda que combina vários estilos como o jazz, soul, funk, hip-hop e groove, também vão atuar na Fonte das 3 Bicas. Xinobi terminará a noite, cujo espetáculo começa às 23h30. ADFECTUS, Bruce Brothers Trio e emmy Curl são alguns dos restantes nomes musicais do evento, que atuarão no Mercado 2 de Maio, de 9 a 12 de maio.

O “Tons da Primavera” 2019 traz, ainda, uma novidade na programação: a atividade “Drink and Draw” que, acompanhada de vinho do Dão, consiste numa sessão de desenho criativo, com um modelo vivo. Direcionada a participantes sem experiência na área do desenho, o “Drink and Draw” tem como objetivos principais o contacto interpessoal e “offline” entre os participantes, assim como a promoção de uma experiência diferente e memorável. Vai realizar-se na sexta-feira e sábado, às 18h30, direcionada a adultos. Também no sábado, às 16h30, há uma sessão direcionada a crianças.

Também no Mercado 2 de Maio, as provas de vinho do Dão voltam a estar em destaque, com a presença de produtores da região na instalação “Entre Aduelas”. No andar superior da praça histórica, o evento vai contar com operadores de street food para fazer as delícias de miúdos e graúdos.

A programação inclui, ainda, oficinas artísticas, o espaço infantil “Dão Petiz” e mostras de produtos artesanais da região, envolvendo dezenas de parceiros locais.

© 2019 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.