«Soenga» mostra cozedura tradicional da louça de barro negro de Molelos

Maio 16, 2022 | Sociedade

O Município de Tondela, em colaboração com a Junta de Freguesia de Molelos, promove mais uma edição da Soenga, nos dias 28 e 29 de maio, no Alto das Raposeiras. Durante dois dias, é possível presenciar ao vivo o processo de fabrico do conhecido “barro negro de Molelos”, através do método tradicional de cozedura redutora, um dos processos mais antigos do país.
A abertura do certame está marcada para as 15:00, no dia 28 de maio, sábado, com os ateliês de cerâmica. O início do processo de fabrico da soenga tem início às 18:00. Segue-se a animação musical com a banda de índole medieval “Mocisso X”. O dia termina com o espetáculo da Banda Filarmónica Tondelense, com início às 21:30.
No domingo, dia 29 pelas 17 horas é lançado o livro “Soenga – Um Relatório sobre um Processo Histórico de Cerâmica em Molelos, Portugal”, da autoria de Werner Tobias. A jornada termina com a desenforna da soenga, marcada paras as 18 horas.
Com este evento, uma iniciativa única no país, o Município de Tondela pretende valorizar o património e, paralelamente, atrair turistas ao concelho, já que “esta é uma oportunidade única de assistir a um dos métodos mais antigos de cozedura de cerâmica” . Uma tradição que ainda se mantém nas olarias do concelho, agora com fornos a lenha e a gás, aliando a tradição das peças a um design moderno.
A cozedura, neste certame, será da responsabilidade das olarias Artantiga (José e Luís Lourosa), Barraca dos Oleiros (Xana Monteiro e Carlos Lima), Olaria Moderna (António Matos Marques), Olaria Tradicional de Molelos (Maria Fernanda Marques) e Olaria Feitiço da Púcara (António Duarte).