Salvador Sobral em Viseu em sábado de aleluia

Abril 11, 2019 | Sociedade

Um Mercado do Livro no coração da cidade, um evento inteiramente dedicado à doçaria típica da região, grandes concertos com Salvador Sobral e a Orquestra Filarmonia das Beiras e as habituais celebrações religiosas – que se estendem também às freguesias -, são os grandes destaques na programação da época pascal em Viseu. De 5 a 21 de abril, a cidade-jardim oferece uma agenda “intensa e diversificada” de realizações e propostas para viseenses, visitantes e turistas.

Em 2019, há grandes estreias a registar. Desde já, numa iniciativa inédita do Município de Viseu com a Book Company, a cidade-jardim acolhe, no Mercado 2 de Maio, o 1º Mercado do Livro de Viseu, entre os dias 12 e 20 de abril. Presentes mais de 145 editoras, 7500 exemplares à venda, 2250 títulos dos mais variados géneros da literatura lusófona e estrangeira, da poesia à ficção, da banda desenhada às publicações infantojuvenis. Uma oportunidade para aproveitar descontos entre os 20% e os 85% para todos os leitores. Paralelamente, e em parceira com a Editora Edições Esgotadas, haverá apresentações de livros, conversas e debates com autores locais num pequeno auditório ao ar livre, com participação gratuita.

A pensar nos pequenos, o Mercado oferece animação infantil, trazendo em forma de mascote e anfitrião uma das personagens que mais se destaca no universo da literatura infantojuvenil – Greg, da coleção “Diário de um Banana”, de Jeff Kinney.

No ano em que Viseu é “Destino Nacional de Gastronomia”, é resgatando a tradição dos doces tradicionais de Páscoa que o Município lança o seu primeiro evento gastronómico inteiramente dedicado à doçaria típica da cidade-região, intitulado “Viseu Doce”. Este é uma iniciativa do Município de Viseu, em parceria com a Associação Comercial do Distrito de Viseu e a Viseu Marca.

Outra das grandes estreias na agenda, de entrada gratuita, terá a Pousada de Viseu como palco principal no fim-de-semana de 13 e 14 de abril. Serão 15 os expositores presentes a participar desta mostra gastronómica, acompanhados de produtores de vinhos e espumantes da Região Demarcada do Dão. Pastéis de Feijão, Castanhas de Ovos, Viriatos, Cavacas, Chocolates e compotas são apenas algumas das variedades dispostas para venda.

Para Jorge Sobrado, vereador da Cultura da Câmara de Viseu, “este cabaz tem várias dimensões, onde destacaria três: a dimensão cultural, a da fé e a da gastronomia. Viseu será um destino para todos os gostos e também para todos os credos, numa perspetiva de abertura, de inclusão para que, quem se desloca, possa viver a sua fé e o seu momento religioso”, garantiu.

Pedro Duvalle, Francisco Cappelle e o grupo “Angelicus Musicae” serão responsáveis pela componente musical do evento.

Na cidade-jardim, a Páscoa é também ela sinónimo de grandes concertos e espetáculos para toda a família e, este ano, não é exceção. Salvador Sobral estreia-se em Viseu, a 20 de abril, sábado, para um concerto especial da quadra. A voz de “Amar pelos Dois”, vencedor do Festival Eurovisão da Canção em 2017, apresenta-se pela primeira vez em Viseu, numa altura em que acaba de lançar o álbum “Paris, Lisboa”. O concerto, de entrada gratuita, será no Rossio.

As tradicionais celebrações religiosas, para além da Igreja Católica e contemplam também a Assembleia de Deus de Viseu, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, a Igreja Evangélica Baptista de Viseu e as Testemunhas de Jeová. Haverá recriações da Via Sacra em Vila Chã de Sá e Silgueiros (7 de abril), em Lordosa, Repeses, Ranhados e Orgens (13 de abril), em Mundão e Loureiro de Silgueiros (14 de abril) e em Couto de Baixo e Abraveses (19 de abril).

Na noite do dia 21 de abril, domingo, beneficiando da excelente acústica da Sé de Viseu, a Orquestra Filarmonia das Beiras, sob a direção do Maestro António Vassalo Lourenço, e o Coro Voz Nua protagonizam o “Concerto de Páscoa”. Também aqui a entrada é gratuita, mas sujeita ao levantamento prévio de ingressos (em datas e locais a anunciar).

Numa altura em que os mais pequenos realizam uma pausa das atividades letivas, os Museus Municipais e a Biblioteca D. Miguel da Silva são espaços onde as atividades plásticas, criativas, artísticas e de leitura não vão faltar. O público adulto também encontrará propostas temáticas para cultivar conhecimentos, das visitas guiadas a roteiros, das conferências às exposições.