Município de Viseu recebe Prémio «Inclusão pelo Desporto»

Outubro 16, 2019 | Sociedade

O Comité Paralímpico de Portugal atribuiu ao Município de Viseu o prémio «Inclusão Pelo Desporto». “É uma distinção atribuída ao Município, mas que vem reconhecer o trabalho que toda a comunidade viseense tem desenvolvido na promoção do Desporto Adaptado e da Inclusão Ativa”, salienta o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques.

Eventos de Orientação Adaptada, Taça de Portugal de Andebol em Cadeira de Rodas, Torneio de Futsal Adaptado, Prova de Orientação Adaptada, Meeting de Atletismo Integrado, prova de atletismo Corre Comigo, Torneio de Boccia e os 2os. Jogos da ANDDI, entre muitos outros, foram alguns dos eventos que Viseu acolheu/organizou em 2019.

Também no âmbito do VISEU ATIVO – plano de promoção para a Atividade Física no concelho de Viseu –, o Município tem procurado orientar a sua ação “através de uma estratégia que promova e facilite o envolvimento de todos na prática de atividade”. Já na área da formação, o Município continua envolvido com o Congresso de Desporto Adaptado e as Jornadas Inclusivas, ambas em parceria com a Invictus Viseu e Escola Superior de Educação de Viseu, que “muito têm contribuído para a melhoria do trabalho desenvolvido pela comunidade Escola e Associativa”.

“Não podemos falar de Desporto Adaptado em Viseu sem mencionar o nosso embaixador e atleta paralímpico Mário Trindade. Um atleta de excelência na vertente desportiva e nas suas qualidades humanas. Muito lhe devemos na construção desta visão e na forma como diariamente nos mostra que não existem impossíveis e que todas as barreiras podem ser ultrapassadas. Na sua pessoa elogiamos e agradecemos o trabalho de mais de uma dezena de instituições do concelho nesta área”, conclui o Presidente da Câmara.

O galardão foi entregue no âmbito das comemorações do 11º aniversário do Comité Paralímpico de Portugal que decorrem em Portimão. Nesta sessão, o Município de Viseu esteve representado pela Vereadora do Desporto, Cristina Brasete. Na cerimónia, a autarca concluiu que o prémio “só fazia sentido se fosse partilhado por todas as instituições e clubes com trabalho desenvolvido na área do desporto adaptado e inclusão ativa”.

E foi isso mesmo que aconteceu numa cerimónia realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal, na qual esteve também presente o presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Manuel Lourenço, com a entrega às instituições envolvidas de uma réplica do galardão atribuído ao Município. “Uma forma de reconhecer publicamente o trabalho que realizam junto da comunidade”, justifica o presidente da Câmara, Almeida Henriques.

Invictus Viseu, Viseu 2001, Surdisol, APPACDM Viseu, Clube de Orientação de Viseu, Centro de Deficientes Profundos de Santo Estêvão e APPDA, a que se juntam ainda a Associação MOVER e a Associação de Andebol de Viseu, foram as instituições reconhecidas.

Para Almeida Henriques, a partilha do galardão não foi mais do que “um gesto de gratidão e, ao mesmo tempo, de convicção. De gratidão porque o prémio deve-se ao trabalho e esforço de muitos, e de convicção de que o caminho correto é precisamente este”.