Movimento «Ajudar Tondela» já apoiou mais de 300 famílias

Maio 9, 2018 | Sociedade

O Município de Tondela agradeceu publicamente aos voluntários do “Ajudar Tondela”, um movimento que se constituiu logo após os incêndios de outubro do ano passado e conseguiu ajudar mais de 300 famílias afetadas. “Viemos aqui hoje, enquanto Município, num ato de reconhecimento e agradecimento por terem ajudado a diminuir o sofrimento de algumas pessoas”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus.

Durante a conferência de imprensa que fez um balanço à actividade desenvolvida, o presidente da Câmara Municipal destacou que o movimento «Ajudar Tondela» surgiu “de um impulso de uma consciência”, com vontade de ajudar sem olhar a cores, localidades ou outro tipo de conceito, que não fosse “deitar a mão numa situação de emergência”.

“O Município cooperou sem nunca tutelar ou orientar no caminho que devia seguir. Obrigado por tudo aquilo que fizeram às pessoas do nosso concelho”, acrescentou o autarca.

A representar os voluntários do movimento “Ajudar Tondela” esteve a sua mentora, Mariana Coimbra, que aproveitou para fazer um balanço muito positivo dos seis meses de trabalho, terminando a sua participação nesta causa “com o sentimento de dever cumprido” e “de coração cheio”.

“Distribuímos por mais de 300 famílias bens alimentares, roupa e calçado, alfaias agrícolas, rações para animais e ainda mobiliário e eletrodomésticos. No concelho de Tondela ajudámos todas as freguesias afetadas pelos incêndios e ainda conseguimos ajudar algumas freguesias dos concelhos vizinhos de Santa Comba Dão e Carregal do Sal”, informou.

Mariana Coimbra aludiu ainda ao facto de saberem que “muitas famílias souberam tirar proveito destas desgraças”, embora sempre tenham feito o possível para o evitar. “Mesmo tendo ainda alguns bens disponíveis, acreditamos que não existem famílias no concelho a necessitar destes bens e, se necessitam, não foi por falta do nosso esforço e dedicação, nem de aviso”, apontou.

Sobre os bens que ainda têm, Mariana Coimbra revelou que serão guardados para, no futuro, ajudar mais famílias. “O que está em mau estado será enviado para empresas de reciclagem de roupas. Estamos ainda a estudar outras atividades, como feiras, em que o dinheiro vai reverter para a conta solidária”, concluiu.

 

CAMPANHA EM MARCHA PARA RECONSTRUIR BARRACÕES AGRÍCOLAS

Seis meses após os incêndios de outubro de 2017, o Município de Tondela tem em marcha mais uma campanha solidária, neste caso a apelar às empresas a disponibilização de materiais como forma de apoiarem à atividade dos pequenos agricultores, que agora são, provavelmente, face aos apoios existentes, os mais desprotegidos.

É necessária a recolha de alguns materiais que nos permitam, em conjunto com os voluntários, apoiar a recuperação de pequenas infraestruturas agrícolas, indispensáveis para que estas pessoas mantenham as suas atividades, tão importantes no combate ao isolamento.

A campanha em marcha visa apelar à doação de telhas, blocos / tijolos, chapas de cobertura e cimento.

A entrega dos donativos pode ser articulada com os serviços da autarquia (contacto: 232811110).

 

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.