Mais luz e mais animação no «Viseu Natal» 2018

Dezembro 6, 2018 | Sociedade

Ao longo dos próximos 38 dias, entre 30 de novembro e 6 de janeiro, Viseu reafirma-se como um dos principais destinos turísticos de Natal do país. O cartaz, recheado de experiências, espetáculos e animação para todas as idades, é apresentado como “a melhor programação de sempre”. E consubstancia, segundo o presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, “uma aposta estratégica e renovada com argumentos para atrair visitantes e turistas de todo o país, e também da vizinha Espanha”.

O ambiente ganhou forma com a ligação oficial, no último sábado, da maior instalação de iluminação de sempre. Este ano alargada a duas novas avenidas: a António José de Almeida e a Capitão Silva Pereira, e intensifica-se em peças e estruturas decorativas de luz.

A Praça do Rossio, que volta a ser o centro das atenções na iluminação da cidade de Viseu, apresenta-se, este ano, com um novo cartão-de-visita: um presente interativo de grandes dimensões, que se apresenta em Portugal pela primeira vez. A estrutura sucede à bola gigante e ao “Castelo de Fantasia” dos anos anteriores.

Para o Vereador da Cultura e Turismo, Jorge Sobrado, “Viseu realiza este ano o sonho de uma verdadeira cidade-luz, com uma programação cultural e de animação de grande fôlego e distintiva, para todos os públicos e num roteiro descentralizado”. Com tudo, acrescente, para se transformar num dos destinos de Natal “mais apetecidos do país”.

O cartaz musical da quadra é encabeçado pela fadista Gisela João, num concerto no Multiusos de Viseu, a 23 de dezembro, pelas 21h30. A cantora interpreta grandes clássicos de Natal, acompanhada pela Orquestra Filarmonia das Beiras e pelo Trio Jazz. É o espetáculo “Uma Noite de Natal” e os bilhetes estão à venda, a 12,5 e 15 euros.

Também no Pavilhão Multiusos vai ter lugar o grande espetáculo musical para crianças “Grande Festa de Natal”, protagonizado por algumas das mais conhecidas personagens do Canal Panda. As Winx, o Pocoyo, os 3 Porquinhos e a Estefânia e o Spartacus da “Vila Moleza” vão encabeçar um concurso de talentos onde a essência do espetáculo será a música e a interação com o público. Os bilhetes para o espetáculo estarão à venda em breve, pelo valor de 5 euros, revertendo as receitas para a associação AVISPT 21 – Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21. Já as receitas do “Concerto de Ano Novo e Reis”, a 4 de janeiro, vão reverter para a SURDISOL – União de Apoio ao Surdo e Populações Especiais de Viseu. O espetáculo vai realizar-se no Viriato Teatro Municipal, pelas 21h30, e terá a Orquestra Filarmonia das Beiras e Cristina Branco como protagonistas.

Na programação destaca-se como novidade a “Receita Anti-Tédio para o Natal”, destinada a crianças, jovens e adultos suscetíveis a férias e interrupções escolares. Por convite do Município, a escritora Filipa Melo, o fotógrafo John GAllo e os artistas Luís Belo e Ana Seia de Matos dirigem oficinas de escrita criativa, fotografia e ilustração da qual resultarão 30 contos de Natal, 30 fotografias e 30 ilustrações que serão publicadas em 2019.

A peça “Os 4 Clowns do Apocalipse”, financiada pelo programa municipal “Viseu Cultura”, vai ser apresentada durante o mês de dezembro numa “tour” por 7 freguesias do concelho. Também o “Improviseu”, uma residência artística a partir do texto “A Morte de Danton”, decorrerá na associação “Os Pauliteiritos de Abraveses”. O projeto de criação teatral “Artéria”, da responsabilidade do Teatro Experimental do Porto (TEP), toma conta de aldeias em Calde e Bodiosa para residências artísticas.

Também o desporto e a atividade física têm relevo na programação do “Viseu Natal” 2018. A 16 de dezembro, o “Viseu Xmas Run” vai levar centenas de “pais-natais” a percorrer o centro histórico da cidade, numa corrida e caminhada 100% solidárias. As receitas do evento revertem para o Centro de Acolhimento Temporário de Viseu (CAT).

Pelo segundo ano consecutivo, a Associação Mutualista Montepio é patrocinadora oficial do “Viseu Natal”, concedendo um apoio financeiro direto de 75 mil euros.

 

1.770 PEÇAS DECORATIVAS

Face a 2017, o número de luzes quase duplica. Passa de 307 mil em 2017 para 507 mil em 2018. Espalham-se por 1.770 peças decorativas iluminadas (eram 380 em 2017), colorindo 28 ruas, praças, jardins, adros, rotundas e edifícios da cidade.

 

350 HORAS DE MÚSICA AMBIENTE

Os clássicos sons da quadra natalícia vão ecoar pelas praças e ruas da cidade, num total de 350 horas de música ambiente.

 

CONTOS DE NATAL DE AQUILINO RIBEIRO

No caminho, até à “Aldeia dos Sonhos” , são 8 as ilustrações que vão guiar os visitantes do Mercado desde a entrada, na Rua Formosa, ao piso superior da praça. As figuras, da autoria dos viseenses Luís Belo e Ana Seia de Matos, são baseadas nos contos de Natal de Aquilino Ribeiro.

 

23 OPERADORES NO «MERCADO DE NATAL»

No piso inferior do Mercado 2 de Maio, está instalado o “Mercado de Natal”. 23 operadores oferecem o melhor da doçaria, padaria, chocolataria, cestaria, artesanato e produtos tradicionais da região, onde os visitantes poderão fazer as habituais compras de Natal.

 

250 OFICINAS PEDAGÓGICAS E CRIATIVAS

A “Aldeia dos Sonhos”, localizada no piso superior da praça histórica de Viseu, vai receber 250 oficinas pedagógicas e criativas, espetáculos, atividades artísticas, “horas do conto” e jogos, assumindo-se como parque de animação à medida dos petizes.

 

FREGUESIAS COM 36 ESPAÇOS DE LUZ E 28 CONCERTOS

Em 2018, o Município reforça a aposta na descentralização da agenda cultural do “Viseu Natal”. As 25 freguesias receberão 36 espaços de luz, 28 concertos de Natal, um roteiro de presépios e três projetos de teatro.

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.