Viseu Dão Lafões à prova em Mangualde… com a Espanha ali tão perto

Setembro 25, 2018 | Região

Os melhores vinhos e produtos regionais vão estar em destaque no Prove Viseu Dão Lafões, que vai decorrer pela primeira vez em Mangualde, entre os dias 4 e 6 de outubro, numa organização da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, com produção da Essência do Vinho e os apoios do Turismo Centro de Portugal, Câmara Municipal de Mangualde e Comissão Vitivinícola Regional do Dão.

“Convidamos os habitantes da região e de todo o país a descobrirem ou redescobrirem os nossos vinhos, gastronomia, paisagem, cultura e património. O Prove Viseu Dão Lafões é a oportunidade para usufruir desta confluência do melhor e de toda a diversidade que os 14 municípios desta região têm para oferecer”, refere o presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Abrantes.

A decisão de promover em Mangualde, numa medida de “desejável descentralização”, um evento que teve as duas primeiras edições em Viseu, representa para o presidente da Câmara, João Azevedo, “um sinal de unanimidade, do bom entendimento entre autarcas, e de uma Comunidade que quer ser mais forte”.

Durante três dias, o Largo Dr. Couto, em Mangualde, vai reunir a melhor selecção de vinhos do Dão e os produtos mais saborosos, tradicionais e emblemáticos de Viseu Dão Lafões. Co-financiado pelo programa operacional “Centro 2020”, o evento, com custos na ordem dos 75 mil euros, inclui ainda música ao vivo, estando toda a programação disponível em http://www.proveviseudaolafoes.com.

“Serão três dias repletos de actividades, com uma forte componente enogastronómica, pensados para os visitantes, que poderão provar e adquirir vinhos e produtos locais, descobrir restaurantes, o mercado gourmet e wine bars, aprender mais em sessões de cozinha ao vivo com chefes como Chakall, e em conversas sobre vinho, com especialistas do sector,” adianta o presidente do Turismo do Centro de Portugal, entidade parceira neste projecto.

Pedro Machado sublinha que só através de parcerias estratégicas como esta, aliadas à estruturação e criação de fluxos turísticos, é possível reforçar a capacidade de comercialização de produtos. “Queremos mobilizar as pessoas, acrescentando valor e impacto económico para os empresários da região”, sublinha o presidente do Turismo Centro de Portugal.

Numa alusão ao facto do «Prove Viseu Dão Lafões» ter este ano como palco a cidade de Mangualde, Pedro Machado lembra que o “sempre aliciante” mercado espanhol está apenas a uma hora de distância. “Podemos aproveitar mais esta oportunidade para reforçar o nosso posicionamento no país vizinho, se o trabalharmos da melhor forma, com a inovação e contemporaneidade de eventos como este”.

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.