União de Sátão retoma as linhas para Farminhão e Boaldeia

Março 20, 2019 | Região

Depois de um longo processo judicial, o Tribunal Administrativo decidiu, quase sete anos depois do recurso interposto pela União de Sátão e Aguiar da Beira, «devolver» a esta empresa a concessão das linhas para Farminhão e Boaldeia, que estavam até agora a ser utilizadas pelo MUV – Mobilidade Urbana de Viseu. A Câmara Municipal já foi notificada da decisão, e pretende agora salvaguardar, em articulação com a União de Sátão, o “interesse dos munícipes” servidos pelas linhas 19 e 23.

“Independentemente da operacionalização daquilo que é uma decisão do Tribunal Administrativo, como nos compete, vamos esperar que a empresa tenha uma lógica de colaboração com o Município e que não vá penalizar os munícipes destas duas linhas. Que, em bom rigor, não estão enquadradas no MUV”, reconheceu aos jornalistas o presidente da Autarquia, Almeida Henriques, no final da reunião do executivo.

A articulação pretendida pela Câmara Municipal entre o MUV e a União de Sátão, deve passar, segundo Almeida Henriques, “pela utilização das cores e imagem do MUV” nos quatro novos autocarros que vai utilizar nas linhas para Farminhão e Boaldeia. “E optar por comprar veículos idênticos aos que o MUV tem a circular actualmente, muito mais amigos do ambiente”.

Para o presidente da Câmara, o Município “está disponível para articular a interacção daquelas duas linhas com as que actualmente estão a fazer o circuito urbano”.