Mais de 1,2 milhões de euros para apoiar movimento associativo de Tondela

Julho 1, 2019 | Região

O Auditório Municipal de Tondela foi palco de mais uma cerimónia de assinatura de protocolos de apoio ao movimento associativo concelhio. Ao todo, foram assinados 129 com outras tantas coletividades, num montante que ultrapassa os 1,2 milhões de euros. O momento constituiu também “um ato de reconhecimento público” a quem, e muitas vezes durante anos a fio, dirige os destinos das instituições. E foi aproveitado pelo presidente da Câmara Municipal, José António Jesus para destacar o papel dos dirigentes associativos que, na opinião do autarca, “nem sempre é valorizado como deveria”.

“Dedicam-se a elas (às coletividades) como se da sua própria família se tratasse, como se a sua atividade principal aí estivesse centrada. Muitas e tantas vezes retirando tempo e espaço ao seu próprio convívio, ao seu momento de lazer, às suas atividades pessoais e profissionais em prol do bem comum, que é, através das nossas estruturas associativas, proporcionar mais qualidade de vida, mais atividade, mais desenvolvimento de competências e, acima de tudo, contribuindo, em muito, para a integração social e para a socialização”, acrescentou.

Num concelho que assume, com toda legitimidade, um dos movimentos associativos mais dinâmicos da região e do país, estes apoios representam também um ato de justiça para com instituições de inquestionável importância para as comunidades. “Temos a obrigação de as apoiar, de nos envolvermos, de estimularmos a sua atividade, porque isso é indiscutivelmente um bem comum para a nossa sociedade e para o enriquecimento do nosso concelho”, concluiu.

O presidente da Câmara Municipal de Tondela aproveitou ainda para aludir ao processo de implementação das medidas de autoproteção nas associações do concelho, no que diz respeito à instalação dos sistemas de segurança e proteção contra incêndios. “Há cerca de um ano foi disponibilizado perto de meio milhão de euros para esta tarefa. E dos 87 processos, 67 já têm trabalhos adjudicados e meia centena têm as plantas executadas”, fez questão de sublinhar José António Jesus.

Para além da assinatura dos protocolos, a noite contou ainda com um momento de ‘stand up comedy’ com Joel Ricardo Santos.

© 2019 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.