Lançadas obras de 800 mil euros em águas e saneamento em Viseu

Janeiro 20, 2021 | Região

A ampliação do abastecimento de água no setor II, que abrange as freguesias de Repeses e São Salvador, e Orgens vai arrancar de imediato. Trata-se de um investimento superior a 443 mil euros, que se junta a outras duas intervenções recentemente. “São 800 mil euros concretizado nos últimos dias, num domínio – águas e saneamento – essencial para a qualidade de vida dos cidadãos”, afirma António Almeida Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Viseu.

A empreitada prevê a substituição de conduta de PVC por uma conduta em ferro fundido e será executada na EN337-1, entre o cruzamento para Orgens e o cruzamento para Travassós de Orgens. A ampliação do abastecimento de água neste sector, com um prazo de execução de 120 dias, beneficiará uma população de 2180 habitantes.

Na Rua Nova de Jugueiros vai arrancar a obra de remodelação das redes de água, esgotos e águas pluviais, um investimento de cerca de 190 mil euros. Inclui a substituição de condutas de fibrocimento e a repavimentação de toda a área intervencionada – 6400m2. “Estas intervenções, em freguesias urbanas e periurbanas, irão requalificar e melhorar o serviço dos viseenses que ali habitam. Apesar da despesa extra que a autarquia tem assumido com a situação da pandemia – a rondar os 10 mil euros por dia em 2020 – a gestão cuidada, saúde financeira e boas contas permitem-nos continuar a investir no território e na qualidade de vida das populações”, reitera António Almeida Henriques.

A aposta do Município de Viseu no domínio das águas e saneamento é transversal a todo o concelho e tem sido, aliás, mais vincada nas freguesias de baixa densidade. É o caso de S. Pedro de France, que esta semana viu arrancar obra da ligação do coletor de esgotos de Moimenta e Outeiro à Estação Elevatória de Águas Residuais de Povidal e rede de água em Povidal. “Neste caso, estamos a levar serviços a quem ainda não os tinha. A água e o saneamento, bem como as comunicações, são essenciais para fixar populações nas nossas freguesias”, lembra o autarca. A ligação da rede de esgotos vai servir 105 pessoas, enquanto a nova conduta de água na Povoação de Povidal vai chegar a 8 habitações.

Recorde-se que, nos últimos 3 anos, a autarquia viseense já investiu mais de 850 mil euros em água e saneamento na freguesia de S. Pedro de France. “O número expressa bem o nosso comprometimento com a coesão territorial, pela qual sempre me bati, no país e no nosso concelho”, explica.

“Apesar da ausência de apoios do PO SEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) a este tipo de intervenções das autarquias, nomeadamente a de Viseu, consideramos vital esta área, pelo que continuamos a investir com recursos próprios do Município”, adianta António Almeida Henriques. “Mantemos a capacidade de responder tanto à pandemia, como às necessidades do dia-a-dia do concelho. Só o conseguimos devido à estabilidade de políticas promovida nos últimos 7 anos e a uma visão com ambição, mas assente numa estratégia com princípio, meio e fim”, conclui.