FICTON 2018: O maior evento de Tondela do concelho e para a região

Setembro 12, 2018 | Região

A grande montra das potencialidades económicas do concelho de Tondela – a FICTON – prolonga-se até ao feriado municipal, que se assinala a 16 de setembro. “É o maior evento do concelho, para o concelho e para toda a região”, fez questão de sublinhar o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, na apresentação da edição de 2018 da Feira Industrial e Comercial de Tondela.

O certame está a atrair visitantes de toda a região, aliciados pela qualidade do cartaz musical, gastronomia e pela presença perto de 170 expositores de diferentes setores. Tendo em conta o sucesso das últimas edições, estima-se que passem pela FICTON cerca de 100 mil visitantes.

O maior evento cultural e económico promovido pelo Município de Tondela, que assinala este ano a sua 26.ª edição, aposta num programa musical recheado de talentos e animação permanente, onde não faltarão eventos desportivos e culturais.

Com um orçamento que este ano atinge os 200 mil euros, a FICTON continua “limitada”, em termos de espaço, para satisfazer todos os pedidos de expositores. “O nosso grande desafio passa pela criação de condições para que, ano após ano, o certame se possa projetar e trazer a inovação”, reconheceu José António de Jesus.

O recinto da Feira conta com as tradicionais «tasquinhas», dinamizadas pelo movimento associativo, no sentido de promover a gastronomia local. Destaque ainda para as exposições das diferentes estruturas socioeconómicas, que estarão dentro e fora do Pavilhão Municipal. É ainda dado um grande enfoque aos produtos locais, nomeadamente ao artesanato e à produção agroalimentar, entre outros.

Como seria de esperar, a música tem lugar de destaque. Depois das presenças em palco de David Carreira a 7 de setembro; Calema a 8; The Gift a 9; Banda Lusa a 10; e Os Nova a 11, seguem-se  Emanuel a 14; Agir a 15; e David Antunes a 16. A não perder ainda, já amanhã, 13 setembro, o espetáculo «Oitentamente» – banda de tributo aos anos 80, dividindo-se pelos restantes dias a atuação de vários grupos do concelho.

A programação da FICTON inclui também um dia dedicado à juventude e outro às freguesias, para além de se associar aos aniversários dos Bombeiros Voluntários de Tondela e da Associação Nacional dos Combatentes do Ultramar.

No último dia da FICTON, em que se assinala o Dia do Município, terá lugar a entrega dos galardões municipais.

 

TRÊS DIAS PAGOS PARA AJUDAR VÍTIMAS DOS INCÊNDIOS

Este ano, três dos 10 dias da FICTON (9, 14 e 15 de setembro) são de entrada paga na FICTON, sendo o custo do bilhete de dois euros/dia. “As receitas desta entrada simbólica reverterão para a conta solidária, de forma a poder dar resposta, em termos de habitação, a quem não se enquadrou no PARHP (Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente), por não reunir condições, apesar dos incêndios terem atingido a sua habitação permanente”, justifica José António Jesus.

A receita, segundo o autarca, poderá rondar os 30 mil euros. Um objetivo que foi devidamente ponderado, convictos de que, em termos institucionais, o certame “não estará focado para a tragédia, mas sim para uma esperança muito reforçada, com uma forte expectativa de que Tondela seja o palco regional da solidariedade e da união”, realça José António Jesus, para quem, muitas das habitações permanentes “estarão concluídas até 15 de outubro.

Para José António Jesus, o próximo objetivo, “se ainda sobrarem recursos”, será apoiar os pequenos agricultores que viram muito do seu material agrícola destruído. Nomeadamente tractores e barracões. “Foram, até agora, os mais desprotegidos em termos de apoios do Governo”, reconhece o autarca.

 

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.