Curso arrancou com 17 formandos. Futuros pilotos levantam voo em Viseu

Setembro 30, 2019 | Região

Já arrancou em Viseu o curso de pilotos de linha aérea comercial. Ao todo, são 17 os formandos que constituem a primeira turma, entre os quais uma aluna. A aula inaugural decorreu nas instalações do Instituto Piaget, no Alto do Gaio, em Lordosa onde, fruto da parceria estabelecida entre este estabelecimento de ensino e o IFA – Aviation Training Center, passam a ser ministradas as aulas teóricas. As práticas decorrem nas instalações do vizinho aeródromo municipal.

O início do curso, que terá uma duração de 24 meses, vai habilitar os formandos a comandarem, no futuro, aviões de linha aérea comercial. E decorre no âmbito do protocolo firmado em junho deste ano entre o Município de Viseu e o IFA – Aviation Training Center. Já em outubro arranca o curso de tripulantes de cabine e, em janeiro de 2020, começa o de manutenção de aviões.

Presente na aula inaugural, o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, classificou o momento e o dia “muito importantes” para Viseu, pelo simbolismo que comporta. “Trazer estas valências para Viseu era impensável há uns meses atrás”, observou, salientando, todavia, que este é o resultado do “percurso feito com os pés bem assentes na terra”, cuja âncora é o aeródromo municipal, onde os alunos do curso terão as aulas práticas.

Almeida Henriques lembrou, a propósito, as críticas de que foi alvo quando, há cinco anos, anunciou o investimento que permitiu certificar e dar este salto no aeródromo – e que por esta altura já ronda 1,5 milhões de euros. O que é certo é que actualmente, “será o aeródromo mais qualificado do país”, assegura o autarca.  A par dos 10 mil movimentos que já regista por ano, o equipamento “tem um plano estratégico bem definido e quer evoluir noutras vertentes, como a de logística”, acrescenta.

“Não queremos um aeroporto, queremos ter um aeródromo internacional, mas é preciso que o Estado ajude neste caminho, que até agora foi feito apenas com investimento municipal”, fez questão de lembrar o presidente da Câmara Municipal.

Também José Madeira, CEO do IFA – Aviation Training Center, considerou este um “dia histórico para Viseu”, agradecendo a “grande colaboração” da Câmara de Viseu.

Dirigindo-se aos alunos, preparou-os para um curso “que vai dar muito trabalho”, pois só assim podem almejar entrar para a TAP.

O responsável lembrou que “o país é muito mais do que Lisboa e Porto” e que o curso de pilotos é o primeiro de três que vão arrancar em Viseu nos próximos meses.