Centro de rastreio de Lamego efetuou mais de 2500 testes num mês

Maio 8, 2020 | Região

No dia em que completou um mês da sua entrada em funcionamento, o centro de rastreio à COVID-19 de Lamego supera a marca de 2500 testes de despiste realizados a utentes. O rastreio é efetuado a cidadãos suspeitos de infeção e previamente referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde ou com prescrição médica. Neste momento, o ACES DOURO SUL – Agrupamento de Centros de Saúde também continua a realizar o processo geral de testagem aos utentes e colaboradores de todos os lares e instituições de solidariedade social do concelho, grupos de especial risco e vulnerabilidade, com o objetivo de prevenir e mitigar a propagação do surto do novo coronavírus.

“Tendo em conta a atual evolução epidemiológica no concelho, quero enaltecer o comportamento exemplar, consciente e colaborativo de todos os lamecenses, reiterando que é necessário continuar a respeitar o distanciamento físico e as restantes recomendações emanadas pela DGS. Não podemos relaxar, numa altura em que vários setores da sociedade estão a retomar a sua atividade”, afirma o Presidente Ângelo Moura.

O centro de rastreios móvel de Lamego foi instalado pela Câmara Municipal no Centro Multiusos, em articulação com a Administração Regional de Saúde do Norte e o Laboratório Germano de Sousa. A unidade funciona por marcação prévia através dos nºs 254 609 699 e 933 100 760 e do email covid19.lamego@germanodesousa.com, de segunda a sexta-feira, entre as 9h e as 13h e as 14h30 e as 17 horas.
A colheita de amostras para rastreio da doença tem como objetivo testar doentes, complementando os serviços hospitalares existentes, em condições de conforto e segurança, num modelo que também está disponível em “drive-through”.