Vereador renuncia e presidente assume pelouros na Câmara de Viseu

Janeiro 27, 2021 | Política

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques, aceitou o pedido de renúncia do Vereador Jorge Sobrado aos pelouros da Cultura, Património, Turismo e Marketing Territorial, em si delegados desde o início do atual mandato autárquico, com efeitos a partir do próximo dia 15 de fevereiro de 2021.

Em comunicado, o Município de Viseu informa que a decisão “foi tomada num contexto de diálogo aberto e estreito entre o Vereador, que se mantém em funções sem pelouros, e o Presidente da Câmara”.

Também a 15 de fevereiro, o Vereador Jorge Sobrado cessará as funções que desempenha em órgãos sociais de entidades municipais ou participadas pelo Município de Viseu, como é o caso da VISEU MARCA, entre outras.

Desde que as suas futuras responsabilidades profissionais o permitam, Jorge Sobrado manifestou a sua vontade em cumprir até ao final o seu mandato, as funções como Vereador não executivo.

O Vereador invocou ser chegado o momento oportuno de dar por concluído o seu exercício executivo, no contexto da aproximação de fecho de um ciclo, e num momento em que se encontra estabilizada a programação das políticas da sua responsabilidade para o ano de 2021. Declara ter sido “a maior honra da sua vida servir Viseu, ao lado do Senhor Presidente da Câmara António Almeida Henriques, e gerir a secular Feira de São Mateus”.

O Presidente da Câmara Municipal, António Almeida Henriques, assinala “o excelente trabalho de Jorge Sobrado, ao longo de mais de 7 anos, primeiro como Adjunto e depois como Vereador no Município, para além dos quase dois anos em que o acompanhou no governo, agradecendo a sua dedicação exemplar”.

Os pelouros serão assumidos até ao final do mandato pelo Presidente da Câmara.