Viseu recebe finalíssima das Escolíadas

Maio 8, 2019 | Educação

O projeto Escolíadas, que visa promover a Educação para as Artes tem este ano duas paragens em Viseu. Uma delas para apurar o vencedor da 30.ª edição, que visa promover a Educação para as Artes junto dos alunos do Ensino Secundário dos distritos de Viseu, Aveiro, Coimbra e Guarda.

A apresentação foi feita no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Viseu, sessão na qual intervieram o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, e o Presidente da Associação Escolíadas, Cláudia Pires.

A nossa aposta na Educação tem tido, todos os anos, a mesma intensidade. E os resultados estão à vista”, explicou Almeida Henriques, que referiu a aposta do Município no domínio das artes performativas, nomeadamente com a disseminação de escolas de música pelas 25 freguesias de Viseu, as cinco escolas de dança existentes no Concelho ou a criação da Orquestra Juvenil de Viseu.

O Presidente da Câmara deixou também uma palavra de reconhecimento pelo “trabalho em rede” que tem vindo a ser feito pela comunidade escolar nestes últimos cinco anos, regozijando-se também com o facto de os pais estarem “cada vez mais envolvidos no processo educativo”.

A terminar, Almeida Henriques elogiou a Escola Secundária Viriato – representante de Viseu na edição deste ano -, pela “aposta séria que faz no domínio das Artes”.

Já Cláudio Pires agradeceu a forma entusiástica como o Município tem vindo a apoiar o projeto, destacando o facto de tratar-se da terceira vez que Viseu vai acolher a derradeira etapa do projeto.

Nesta edição de 2019, o Pavilhão Multiusos de Viseu acolheu nos dias 10, 11 e 12 de maio o Polo III da 1.ª fase, com a participação de escolas dos concelhos de Moimenta da Beira, Santa Comba Dão, Mortágua, Pinhel, Tondela (Tondela e Molelos), Carregal do Sal, S. Pedro do Sul (Carvalhais) e de Viseu (Escola Secundária Viriato).

Já nos dias 31 de maio e 01 de junho, decorre no mesmo local a Finalíssima desta edição.

Também pela primeira vez, Viseu recebe as Escolíadas Júnior. A Escola Básica Prof. Rolando de Oliveira integra este projeto dirigido ao 1º ciclo do ensino básico, mobilizando para o efeito cerca de 200 alunos.