Planalto Beirão lança operação gigantesca de sensibilização e educação ambiental

Março 11, 2021 | Educação

«Ideia com Futuro – Reciclar no Planalto Beirão» dá o mote a este projeto, que abrange a totalidade dos 19 Municípios da Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão (AMRPB). O principal objetivo do Plano de Sensibilização e Educação Ambiental (PSEA) é incentivar à separação dos resíduos valorizáveis de papel/cartão, plástico/metal e vidro, garantindo que possam depois ser reciclados e transformados em matéria-prima para novos produtos e, dessa forma, evitando que sejam depositados em aterro.

“A separação dos resíduos recicláveis é fundamental para a conservação dos recursos naturais, para a proteção do meio ambiente e para a melhoria da qualidade de vida da população do Planalto Beirão”, sublinha a AMRPB

O projeto irá desenvolver diversas ações, que têm como principal enfoque a população, a comunidade escolar e os operadores de comércio e serviços. Serão distribuídos, porta a porta, 100.000 miniecopontos para a separação doméstica dos resíduos recicláveis.

Uma viatura de sensibilização itinerante munida de diversas plataformas multimédia e conteúdos interativos sobre a Economia Circular, irá percorrer as ruas dos 19 municípios do Planalto Beirão, ao longo de 18 meses. Dos 20 milhões de euros alocados ao projeto, esta viatura representa um investimento de 1 milhão de euros.

Para além da vertente ambiental, a Ideia com Futuro – Reciclar no Planalto Beirão une-se também à vertente social, trazendo uma componente de solidariedade para o projeto, com a campanha “Separar para Ajudar”.

Cada tonelada de resíduos separada, que represente um aumento face aos valores de 2014, será convertida em benefícios sociais para instituições de solidariedade da região, unindo, desta forma, dois dos principais pilares da sustentabilidade: o aproveitamento dos resíduos como recursos e o desenvolvimento social.

Este projeto, desenvolvido pela Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, é cofinanciado pelo POSEUR, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão.

Esta gigantesca operação de sensibilização e educação ambiental, só é possível graças aos investimentos lançados pela AMRPB no âmbito do Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos iniciado em 2017 e cujo valor supera os 20 milhões de euros, com uma taxa de execução superior a 90 por cento.

Ao longo dos últimos três anos, entre outros investimentos, foram instalados 1.545 ecopontos de superfície e 265 ilhas ecológicas enterradas e semienterradas; o complexo de fábricas foi completamente requalificado e modernizado; foram adquiridas 17 viaturas pesadas para a recolhe seletiva na via pública e 3 viaturas ligeiras; enquanto a Estação de Transferência de resíduos recicláveis de Vouzela viu aumentada a sua capacidade instalada.