Casa da Ínsua Tinto reserva 2006, recebe galardão internacional

Junho 4, 2012 | Economia

O «Casa da Ínsua Tinto Reserva 2006» acaba de ser distinguido com a Medalha Prata no 19º Concurso Mundial de Vinhos de Bruxelas, um dos mais prestigiados concursos internacionais do sector que pôs em prova, em Guimarães, cerca de 8500 vinhos das mais diversas nacionalidades.

O vinho «Casa da Ínsua Tinto Reserva 2006», que reúne as castas Touriga-Nacional, Cabernet-Sauvignon e Tinta-Roriz, possui um aroma a pimento, complexo e requintado, com nuances de frutos silvestres maduros e estagiou 18 meses em barrica de carvalho francês. Ideal para pratos complexos, é um vinho que se apresenta pronto a consumir, podendo, no entanto, ser guardado por mais 20 anos.

O reconhecimento deste vinho, um dos cerca de 8.500 a concurso, premeia, uma vez mais, a qualidade dos vinhos produzidos pela Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, inserida na Região Demarcada do Dão. A distinção pela crítica especializada é o resultado da excelência na produção e de um cuidado extremo em todos os detalhes: da vindima ao estágio, do engarrafamento à comercialização. Os vinhos Casa da Ínsua são também o reflexo de um acumular de mais de dois séculos de produção vitivinícola.

© 2019 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.