Campanha de sensibilização para a reciclagem “invade” Viseu

Março 18, 2021 | Economia

“1,2,3: Chegou a sua Vez!” ou “A culpa não é do saco!” são duas das várias mensagens que estão a revestir 265 ilhas ecológicas em vários locais do concelho. A campanha municipal, no âmbito do programa VISEU RECICLA, avançou no início deste mês de março, e pretende reforçar a mensagem sobre o acondicionamento e separação de resíduos, a recolha de “monstros” ou resíduos verdes e a utilização do Ecocentro através destes painéis informativos, à disposição dos viseenses.

Neste contexto, os moloks indiferenciados, sejam os individuais ou em contexto de ilha ecológica, estão a ganhar uma nova “cara” com um painel que inclui o número verde do Planalto Beirão, a morada do Ecocentro, radicado em Mundão, e várias indicações de como fazer a reciclagem dos equipamentos elétricos e eletrónicos. A campanha traduz-se ainda na implementação de mupis, na cidade e Freguesias, e digitalmente, nas redes sociais do Município, onde são igualmente divulgadas informações sobre a temática.

Com esta nova campanha de informação e sensibilização ambiental, o cidadão pode ainda saber mais sobre o sistema de reciclagem e informação detalhada sobre a separação de resíduos e os procedimentos de deposição.

O ambiente e a sua preservação são, aliás, aspetos cruciais das políticas de sustentabilidade. O Município de Viseu tem colocado uma série de investimentos no terreno, tais como a substituição da frota de limpeza urbana por viaturas elétricas amigas do ambiente e a duplicação da capacidade de recolha seletiva, com 406 novas ilhas ecológicas instaladas.

Para além das ilhas, também a frota afeta à recolha de resíduos foi reforçada em nove novos veículos: três a gás natural para recolha de resíduos indiferenciados, cinco para recolha seletiva de resíduos, e um para recolha de resíduos porta-a-porta junto dos comerciantes. O serviço porta-a-porta já conta com a participação de 65 estabelecimentos comerciais aderentes.

Em 2020, Viseu conseguiu atingir resultados muito positivos no que toca à reciclagem: a meta nacional definida para cada cidadão era de 29kg, sendo que, cada viseense, reciclou em média cerca de 45kg. Globalmente, cerca de 4,4 toneladas de resíduos seletivos foram enviados para a reciclagem (mais 1,4 toneladas face ao ano de 2018), o que representou uma poupança municipal de 432 mil euros.