Apuramento para o Europeu de andebol feminino joga-se em Tondela

Julho 1, 2019 | Desporto

Portugal vai defrontar, em Tondela, as seleções da Suécia e da Macedónia, na fase de apuramento para o Campeonato Feminino da Europa de 2020. Mais dois jogos ao mais alto nível, naquela que já é considerada também como a cidade talismã para a seleção nacional. E num concelho, o único no distrito de Viseu que, até à presente época, tem dois clubes a dedicarem-se à modalidade, e com trabalho visível na formação: o Atlético Clube de Molelos e o Besteiros Futebol Clube.

O protocolo que viabiliza a vontade de ambas as partes na realização em Tondela dos jogos com a Suécia (a 28 de Setembro) e a Macedónia (em Março de 2020), foi assinado no Museu Terras de Besteiros pelo presidente da Câmara Municipal, José António Jesus, e pelo vice-presidente da Federação de Andebol de Portugal, Augusto Silva, numa cerimónia que contou ainda com a presença do vereador do Desporto, Pedro Adão, e do presidente da Associação de Andebol de Viseu, Joaquim Escada.

“São dois jogos muito difíceis”, reconheceu Joaquim Escada, que fez questão de sublinhar o papel do Município de Tondela na promoção do Andebol, lembrando os dois encontros – um interconcelhio e outro distrital – que decorreram em Tondela no mês de maio, no âmbito do projeto Andebol 4Kids. Para reconhecer também que o concelho tem, de facto, acolhido grandes organizações internacionais da modalidade, desde a base até ao topo”.

A mesma convicção é partilhada pelo vice-presidente da Federação de Andebol de Portugal, que recordou a partida que a cidade de Tondela acolheu no ano passado, entre as seleções de Portugal e a Áustria. “Tratou-se de uma excelente organização. Espero ter a casa cheia e que este público nos possa incentivar a ter resultado positivo”, reconheceu.

O presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus, sublinhou que o Andebol tem vindo a ganhar projeção no concelho, “muito por força do trabalho que vem sendo feito no domínio da educação e formação, no âmbito do Andebol 4 Kids”.

“Mas, se a formação é importante, é também importante trazer jogos de relevo, de forma a que sejam referenciais de valorização e comparação”. Como são os casos agora da Suécia e da Macedónia. “Serão dois jogos inseridos num quadro competitivo exigente, mas estaremos à altura no acolhimento e apoio, como sempre, da nossa seleção. E com a esperança num bom desfecho: o apuramento para o Europeu”.

© 2019 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.