Os «Soldados da Minha Terra» segundo Manuel Maria Rodrigues Vaz

Novembro 30, 2020 | Cultura

O local principal da ação de “Soldados da minha terra”, um denso romance histórico escrito por Manuel Maria Rodrigues Vaz, é em Beira Valente, povoação da freguesia de Leomil, Moimenta da Beira, onde nasceu o autor, e foi lá precisamente que no último sábado foi lançado o livro, numa sessão inteiramente digital, dada a atual situação pandémica que o país vive.

Com a obra, Rodrigues Vaz “pretende dar a conhecer/reviver o contexto gerado pela guerra colonial (1961-1974) numa aldeia do “Portugal profundo”. Contexto, esse, que eu vivenciei na minha meninice e adolescência. Com ele, também pretendo prestar a devida homenagem a todos os militares que eu vi partir para África, alguns deles não regressando, ou, se regressando, carregando maleitas físicas ou psicológicas para o resto das suas vidas”.

Manuel Maria Rodrigues Vaz é licenciado em Análises Clínicas e Saúde Pública e pós-graduado em Gestão de Serviços de Saúde. Exerce funções no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro – Unidade Hospitalar de Lamego.