Museus municipais de Viseu registam recorde de visitantes

Outubro 12, 2018 | Cultura

Em 31 de agosto deste ano, os museus municipais de Viseu já tinham recebido mais 6.119 visitantes do que em igual período de 2017. O que significa um aumento de 24 por cento, passando dos 25.156 para os 31.275. “Os museus municipais de Viseu estão a reencontrar-se com a sua vocação e os seus públicos. Todos apresentam novas exposições temporárias e crescem em 2018 na afluência de visitantes. São cada vez mais pontos de passagem obrigatória no concelho, tanto para a comunidade, como para os turistas”, justifica o vereador da Cultura e Património da Câmara Municipal de Viseu, Jorge Sobrado.

Os números comparativos têm tendência a aumentar até ao final do ano. Ainda não estão contabilizados, mas Jorge Sobrado justifica a convicção com o facto de muitos visitantes terem aproveitado ainda um período significativo da Feira de São Mateus, e inclui ainda nas contas as três dezenas de actividades que marcaram em Viseu as Jornadas Europeias do Património que decorreram ao longo do último fim de semana.

“Este ano procurámos colocar uma forte impressão digital dos museus de Viseu nestas comemorações, com um calendário transversal aos seis”, justificou o vereador da Cultura. Actividades que, com a participação de 20 intérpretes, fizerem o resgate da memória da Coleção Arqueológica José Coelho, do Museu do Quartzo, da Casa da Ribeira, do Museu Almeida Moreira, da Quinta da Cruz e da Casa de Lavoura e Oficina do Linho de Várzea de Calde. E com a particularidade de terem, todos eles, disponibilizado um espaço onde, voluntariamente, cada visitante teve a possibilidade de registar vivências passadas naquele espaço.

O aumento do número de visitantes dos museus municipais em 2018, demonstram ainda, segundo Jorge Sobrado, “o sucesso de uma estratégia que aposta, não apenas nas novas exposições temáticas em todos os museus, mas também em novas parcerias e na reactivação dos serviços educativos”, como tem acontecido na Quinta da Cruz.

O vereador da Cultura revelou ainda que até 31 de Julho de 2018, os museus municipais “já tinham feito 72 por cento do caminho trilhado em 2017”. O que significa, na prática, que foram atingidos até àquela data, 20 mil atendimentos nos postos de informação turística, sendo que em todo o ano de 2017 foram registados 28 mil. Espanha, França, Brasil, Alemanha, Bélgica e Reino Unido são os países que mais visitantes trouxeram a Viseu.

© 2013 Jornal Via Rápida Press. Todos os Direitos Reservados.