Louça preta de Molelos e Festas das Cruzes nomeadas “7 Maravilhas de Portugal”

Abril 15, 2020 | Cultura

A louça preta de Molelos e a Festas das Cruzes foram nomeadas para as “7 Maravilhas de Portugal”, tendo sido recentemente certificadas com o selo oficial de nomeadas. O tema da edição deste ano do concurso “7 Maravilhas de Portugal” é a Cultura Popular, tendo como grande objetivo a promoção do património cultural imaterial do país, nomeadamente o artesanato, as feiras e romarias, músicas e danças, e outras tradições populares.

Neste contexto, a Câmara Municipal de Tondela candidatou às 7 Maravilhas de Portugal, na categoria Procissões e Romarias, a Festa das Cruzes, que se realiza no Guardão, 40 dias após a Páscoa. Trata-se de uma celebração que acontece no Dia da Ascensão do Senhor e que tem como propósito a devoção e preces para proteção dos campos agrícolas.
As 4 ladainhas – a dos anfitriões (Freguesia do Guardão) e as forasteiras (Santiago de Besteiros, Castelões e Santa Eulália de Besteiros- refletem exatamente essas súplicas. Estas juntam-se, com as cruzes devidamente engalanadas e proporcionam o momento alto da festividade, o abraço das cruzes e dos pendões.

As referidas comemorações têm registo bibliográficos com mais de 300 anos, e realizam-se em todas as quintas-feiras da Ascensão, ano após ano, juntando as populações das Terras de Besteiros numa manifestação de fé e, em simultâneo, associando festejos profanos de convívio e partilha dos célebres “farnéis”.

Já a candidatura da louça preta de Molelos, na categoria Artesanato, foi promovida pela ADICES, em estreita colaboração com o Município de Tondela. Esta candidatura tem na “bilha do segredo” a sua peça mais emblemática.

Depois destas duas nomeações, segue-se agora um período em que as candidaturas serão avaliadas por um grupo de especialistas, devidamente qualificados e independentes, sendo posteriormente votadas pelo público em geral.